Despedida de Roma

by - 13:54




Um mês depois de iniciar esta série de posts sobre a capital da bota, despeço-me da cidade eterna. Com o coração um bocadinho apertado. Porque é tão difícil dizer adeus a algo belo? 

Muito ficou por contar, é certo: a exposição de Arquimedes nos Museus Capitolinos, a sala dos mapas do Papa Gregório e os três Dalis que descobri no Vaticano, os cremosos cappuccinos, a missa na Basílica de S. Pedro, os tesouros escondidos na Chiesa de Santa Maria del Popolo, os muitos obeliscos que furam os céus das piazzas, a diva loira que nos hospedou num estranho B&B…





Deixo as dicas de viagens para outros sites e blogs, há-os aos milhares na internet. O Berço é um espaço de sentimentos: procura transmitir o genius locci de cada lugar e o que aprendo com cada nova aventura. 

Porque sou uma pessoa diferente após cada viagem, ainda que as minhas tentativas para vos transmitir este crescimento sejam uma mera sombra do que sinto. As palavras são, para usar a lógica de Platão, um eco débil e esconso da beleza deste mundo.

Posso descrever o simpático casal neo-zelandês que meteu conversa comigo na Piazza del Popolo a altas horas da noite, acreditando que eu era uma jovem estudante estrangeira (o breu escondeu os meus cabelos brancos), ou aludir à simpatia dos utilizadores do metro, que cediam o lugar ao Pedrinho com um “com’è bello”. 





Posso contar a lenda da Bocca della Veritá, e como a astúcia de uma mulher adúltera conseguiu ludibriar este famoso detector de mentiras. Posso recordar a noiva que saiu na estação de S. Pietro, de mão dada com o seu eleito e o vestido vaporoso a arrastar nas negras escadas.

Mas de forma alguma poderei exprimir o que senti nesta bela cidade, a serenidade que me invadiu quando descansávamos na Isola Tiberina num final de tarde, a comer biscoitos de aveia, embalados pelo som do rio e com uma linda declaração de amor – Ti amo da qui… alla fini del mondo… di novo qui all’infinito - em letras garrafais numa das margens. 






Não é possível descrever-vos o bálsamo que é estar rodeado de arte. Da mesma forma como não há palavras que espelhem, de forma plena, o meu orgulho pelo facto do Pedro se estar a revelar um fotógrafo minucioso e, finalmente, eu e o pai termos fotografias juntos, ou por ainda me cumprimentar com um sonoro buon giorno, de vez em quando.

Resta-me portanto deixar um “até sempre Roma”, na esperança de que a moedinha no fundo das águas azuis da Fontana di Trevi cumpra o seu dever!



Recordem esta viagem através de imagens: 


You May Also Like

26 comentários

  1. Oi Ruthia! Curto muito o blog, suas postagens e belas imagens! Não tens twitter? Abraços!

    ResponderEliminar
  2. snif, snif...quero mais sobre Roma!!!
    Escrevestes bem o que imagino que seja o sentimento ao visitar tão magnifica cidade!!!
    Amada, podes participar da troca de cartão de Natal se quiseres, basta clicar no link do post
    bjs desejando ótimo final de semana,que aqui será com chuvas e trovadas, pois o calor abafado está terrível.. eu que não sou de transpirar estou toda suada!! bjs

    ResponderEliminar
  3. Querida Ruthia
    Que maravilha é lermos as suas impressões da viagem a Roma!!!
    Presenteia-nos com fotos magníficas! O Pedrinho está mesmo um artista!
    Obrigada pela partilha.
    Bom fim de semana.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  4. Bonita viagem...
    Adorei e fiquei a conhecer alguns lugares que ainda não conhecia.
    Desejo ótimo fim de semana e espero por uma outra viagem.
    Cumprimentos de: http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Ruthia, como jogaste moedinhas Na Fontana, logo voltarás lá! E a cada ida, mais detalhes e curtições! beijos,foi bom te acompanhar nessa viagwm linda!chuca(estamos agora num pedacinho da italia, aqui no RS,um lugar pequeno, menos de 2000 habitantes,Lindo.Pena que amanhã já voltaremos à selva de pedra! chica

    ResponderEliminar
  6. Ruthia, ao dizer que "o Berço é um espaço de sentimentos", você traduziu o que me encantou aqui desde que conheci este seu espaço. Suas impressões sobre Roma certamente orientarão as minhas próprias quando lá voltar.
    Adorei saber que o Pedrinho já está a ajudar no registro das viagens!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  7. Ruthia,
    Já o disse em comentários atrás, adoro Roma. Mas a forma como esta bela cidade aqui tem sido descrita, a forma como é sentida, é de uma enorme beleza, de alguém que a sentiu profundamente. Por isso lhe agradeço, assim como ao excelente uso do português de que se socorre.

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  8. Amei as fotos e ler tudo que você escreveu sobre sua viagem. Me senti aí com você :)

    Passei pra te desejar um ótimo final de semana :)

    beijinhos ;*

    http://noostillo.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Amei tudo que contou e mostrou, como disse eu tenho fé que um dia vou ver pessoalmente....

    ResponderEliminar
  10. Você fala com emoção sobre tudo que vê, o que torna suas postagens muito vivas. Delicia-se com a arte e com as mudanças que viagens produzem em todos nós. É um prazer participar dos passeios que realiza. Seu filho, certamente, estará crescendo com horizontes bem grandes e uma cultura especial. Bjs.

    ResponderEliminar
  11. As moedinhas na Fontana demoram, mas cumprem o prometido! rsrs
    Muito bom "viajar" através das tuas postagens: sinto-me lá, ao vivo!
    Parabéns! Abraço.

    ResponderEliminar
  12. Roma tem tantas coisas para se ver, que nem em 6 meses se vê tudo...
    Os teus posts foram todos eles magníficos. És uma excelente repórter, pois para além das boas fotos que tens vindo a publicar, os teus textos enquadram e contam tudo muito bem.
    Ruthia, querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  13. Foi bom viajar aqui! Ciao, e até à próxima viagem! :)

    ResponderEliminar
  14. Belíssimo post e "bella" jovem estudante!!!
    Terá Roma ainda mais encanto na hora da despedida? ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Ruthia,vc tem razão: não há palavras que expressem a beleza desse mundo! Desejo que vc possa retornar brevemente a Roma e nos encantar com seus relatos! bjs e boa semana,

    ResponderEliminar
  16. Ruthia
    Com certeza vocês vão voltar! Eu joguei a moedinha em 2010 e retornei em 2012! Funciona!
    Beijos

    ResponderEliminar
  17. Obrigado pelo comentário no blogue da Pat Galis sobre a minha entrevista.

    Roma é Roma, ainda quero conhecer.

    Abraço

    Histórias, estórias e outras polêmicas

    ResponderEliminar
  18. Ruthia,

    Eu me senti viajando junto! hahahah.... adorei suas postagens!

    Beijos

    ResponderEliminar
  19. Ruthinha, a minha moedinha tb me levará de volta a essa encantadora cidade, certeza :)
    Quem sabe não nos encontramos por lá, né?! Hihi..
    Adorei todas as postagens!!!

    Beijos, Té
    bloglola.com.br
    Instagram: stephanieparizi

    Ps: tem SORTEIO no AR, oba!! Quer ganhar as réplicas das paletas queridinhas do momento, NAKED e NAKED 2?! Então venha, é super fácil concorrer!! Conto com vocês ♥

    ResponderEliminar
  20. ,,,e pra mim que sou leiga nessa arte venho me deleitar em suas viagens e conhecimentos....agradeço por encontrar tempo pra me visitar, e sempre trazer seu carinho e palavras de insentivo. Conhecer outras culturas, outros idiomas, outras artes me encantam sempre....bjim

    ResponderEliminar
  21. Olá, Ruthia!
    Fiquei encantada com cada trechinho que contou,
    por alguns momentos achei que estava lá.
    Parabéns ao Pedro pelas fotos, lindas!
    beijos!


    ResponderEliminar
  22. Estou de volta, Ruthia, e já me deliciando com excelentes postagens como esta. Para quem passou só 30 horas em Roma como eu ( vindo de Portugal, indo para a Goa (Ìndia), aprendi muito aqui. Visitei o Vaticano de dia e fiz um "tour" à noite pela cidade, com direito a jogar moeda na Fontana di Trevi (isso em 1986...com meu marido). Foi inesquecível...imagino a sua viagem à Cidade Eterna! Parabéns ao Pedro, ao trio, por tantas alegrias, aqui compartilhadas. Obrigada. Beijos, da Lúcia...

    ResponderEliminar
  23. Há sempre imagens que nos ficam a encher o coração.

    Bj

    ResponderEliminar
  24. Oi Ruthia, é mesmo difícil a despedida de um lugar belo. Eu sempre fico com aquele gostinho de quero mais.
    Que bom que você desfrutou bastante das belezas e prazeres da Cidade Eterna.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderEliminar
  25. passando para desejar ótima quarta
    bjs
    tititi da dri
    ps tb tem tido problemas em receber as atualizações dos blogs?
    bjs
    tititi da dri

    ResponderEliminar
  26. Ciao Ruthia!
    Sabe que fiquei com uma grande saudade de Roma ao ler sua despedida? E' uma cidade cheia de magias e muita historia para contar.
    As fotos sempre belas, como o Pedrinho. A dos noivos no metro foi a mais curiosa, imagino a surpresa dos usuarios :)
    Un bacio

    ResponderEliminar

«Viajar torna uma pessoa modesta – vê-se como é pequeno o lugar que ocupamos no mundo.» (Gustave Flaubert)

Obrigada por ler as minhas aventuras e ainda gastar um momento para comentar. A sua presença é muito importante para mim. Um abraço e até breve!