Twinings with a drop of milk

by - 14:59





No último post falei-vos sobre como a tradição está enraizada nos corações ingleses, apesar de Londres ser uma das maiores cidades do planeta. E se há hábito que todos nós associamos a este povo é... pensem um pouco... o chá das cinco. Trazido por uma portuguesa no século XVII - D. Catarina de Bragança, que veio desposar o rei D. Carlos II -, o chá entranhou-se de tal forma no carácter britânico que o Sting canta "I don't drink coffee, I take tea my dear", apesar de estar em Nova York com o seu sotaque perfeito.
Quando planeei esta visita a terras de Sua Majestade, decidi que era a oportunidade perfeita para o Pedrinho conhecer a adoração dos ingleses por uma bebida que ele detesta. E eis-nos num clássico autocarro londrino, de dois andares, para um tea tour.
A mesa que prepararam para nós está adorável, com as suas mini sanduíches, cupcakes, macaroons, e uns maravilhosos quiches de cogumelos. Depois, a Chloe serve-nos o chá: para mim será Twinings (marca com mais de 300 anos, com recomendação da realeza) a que se juntará, após dois minutos de infusão, umas gotinhas de leite. Perfeito!

Este afternoon tea parte em frente do London Eye, uma zona 
fantástica para um final de tarde em família.




Infelizmente, não consigo convencer o pequeno explorador a provar. A sua careta à minha oferta é muito eloquente... Mas há muito mais opções, desde café, capuccino, chocolate quente ou ice tea, sem esquecer o sumo de laranja acabado de espremer. Embora não pareça muito prático beber chá num autocarro, saibam que os copos têm tampa, para evitar acidentes, e que os pratinhos estão presos à mesa por ventosas.
Para além disso, o percurso é feito devagar, com passagem em vários pontos emblemáticos da cidade: London Eye, zona de Westminster, passando pelo Buckingham Palace, em direcção ao Royal Albert Hall, contornando o Hyde Park através do charmoso bairro de Notting Hill, para desembocar junto do Marble Arch e seguir pela zona comercial de Piccadilly até Trafalgar Square, onde desponta a coluna de homenagem a Lorde Nelson. Todo o percurso está explicado ao pormenor, com curiosidades sobre os vários monumentos por onde passamos, no folheto colocado na mesa.
Parece impossível comer tudo o que temos na frente e já a Chloe passa, a oferecer mais docinhos. E quando, de barriga cheia, nos voltamos com mais atenção para a paisagem, chegam os scones e acompanhamentos. Escusado será dizer que não consegui jantar nesse dia!



Para não desperdiçar tantas delícias, uma caixinha é distribuída no final.


Ainda que o passeio não seja propriamente barato, saibam que um afternoon tea minimamente decente não fica por menos de £20 por pessoa. Para além disso, esta é uma forma maravilhosamente vintage de conhecer um pouco melhor a cidade, dando algum descanso às pernas.
Sublinhe-se a necessidade de reservar com alguma antecedência, pois este roteiro é bastante procurado, especialmente depois da Mel B (ex-Spice Girl) lá ter levado um dos concorrentes do X-Factor (notícia aqui)...
Resta-me agradecer à BB Bakery, com sede em Covent Garden, por este amável convite, reiterando que, apesar do roteiro ter sido oferecido, este post reflecte a minha opinião pessoal, sincera e intransmissível! E, apesar do Pedro ainda não ter cedido ao apelo do chá, não me dou por vencida. Quem sabe numa próxima ida a Londres o converto?




Site do Afternoon Tea Bus Tour (aqui)
Preço: £45 adulto/ £35 crianças a partir dos seis anos
Dica: existem menus para vegetarianos, alérgicos a glúten, etc. É só indicar as suas restrições alimentares, na altura da reserva.


You May Also Like

13 comentários

  1. Queira, por gentileza, informar ao Pedrinho que ele não é o único que tem aversão ao chá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jura, Marta? Hahaha. Se calhar ainda só ainda não encontrou o tipo certo de chá...
      Beijinhos, querida historiadora

      Eliminar
  2. Quanta coisa boa e linda!Gosto de chás mas em geral, as crianças não gostam ou, como Pedro, nem menos provam,rs bjs, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. amei saber deste passeio, que, inclusive, pode servir de referência para outros.... muito inteligente a criação e junção do chá com os pontos turísticos e as delícias servidas... também merece mérito a caixinha oferecida para levar o que não se consegue comer das gordices que ficam tentando nosso paladar e olhar... Já experimentaste adoçar bastante o chá para oferecer ao Pedrinho? Aqui a gente bebe chá adoçado... e vai como se fosse suco ou refrigerante... adoramos... Também fazemos a 'mistura' do chá - adoçado, claro - com refirgerante à base de guaraná, que fica uma delícia!
    Experimenta, quem sabe o pequeno explorador começa a apreciar essa bebida real, porém muito humilde e simples!
    bjs amiga, desejando ótima semana

    ResponderEliminar
  4. OI RUTHIA!
    ACHEI O MÁXIMO ESTE "BUS" TURÍSTICO QUE AQUI TAMBÉM TEMOS, MAS SEM QUE SIRVAM ESTAS MARAVILHAS O QUE ACHEI DEMAIS.
    SERÁ QUE É MAL DOS "PEDROS"? O MEU ESTEVE EM MINHA CASA ONTEM E FIZ DE TUDO PARA QUE TOMASSE UM CHÁ PORQUE ESTAVA COM TOSSE, MAS NEM PENSAR, NÃO CONSEGUI, QUEM SABE NO FUTURO NÉ AMIGA?
    ADOREI TEU POST.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por lá começam a ser mais procurados. Têm programados 2 tours por dia, mas devido à procura, o nosso foi o 3º autocarro naquele dia :)
      Obrigada pela presença e pelo comentário tão simpático

      Eliminar
  5. Que passeio agradável, quanta guloseima gostosa, parece muito confortável, para conhecer a cidade e os monumentos. Obrigada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde, excelente fotorreportagem da sua maravilhosas viagem, acho que a preferência do Pedrinho foi para os doces.
    AG

    ResponderEliminar
  7. Que legal Ruthia, tinha visto uma foto no Instagram. O pequeno esta se divertindo com o mundo.
    Um belo passeio. Gostei da mesa,rsrs.
    Uma semana de paz e alegrias amiga.
    Bju

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que o passeio de autocarro foi o que ele mais gostou da estadia em Londres. Mas não pelo chá... a mesa estava realmente bonita.
      Abraço, amigo mineiro

      Eliminar
  8. Isto é que foi apanhar-me à traição, enquanto eu tomo o meu pequeno-almoço básico e frugal (pão de mistura e café com leite...)! Que vontade de apanhar esse autocarro!
    Beijinhos, bom dia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também ia novamente, ainda sonho com aqueles docinhos!
      Beijinhos querida Madalena

      Eliminar
  9. Amo passear com você nos seus posts Ruthia!
    Nossa que tudo esse lanchinho, amo chá e com certeza ia me acabar com tudo isso :)
    Ah, o Pedro é muito fofo!

    Obrigada pela visitinha e sempre que tiver novidades, deixe um recadinho lá no blog, ok :)

    beijinhos ;*
    http://noostillo.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

«Viajar torna uma pessoa modesta – vê-se como é pequeno o lugar que ocupamos no mundo.» (Gustave Flaubert)

Obrigada por ler as minhas aventuras e ainda gastar um momento para comentar. A sua presença é muito importante para mim. Um abraço e até breve!